09 Março, 2018 15:42

Litoral do Piauí terá trilha especial para veículos de aventura

O governador Wellington Dias se reuniu, nessa quinta-feira (8), com gestores de diversas áreas para tratar da Rota das Emoções. No encontro, no Palácio de Karnak, o foco foi o plano de infraestrutura a ser implementado, visando dotar a atração turística dos serviços necessários para atender aos turistas domésticos e internacionais. O projeto é resultado de uma visita internacional do governador ao Canadá, onde conheceu um modelo de parceria com a iniciativa privada aplicável ao Piauí, que pode alavancar o turismo local.

“A ideia das montadoras de veículos para aventura, como Honda e Yamaha, é que essa seja a rota de triciclos e quadriciclos no Brasil. Isso significa geração de emprego e renda com um turismo que envolve natureza e aventura” destacou o governador.

A Rota das Emoções reúne aventura, praia e ecoturismo. Envolve paraísos naturais como a Área de Proteção Ambiental do Delta do Parnaíba (PI), o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses (MA) e o Parque Nacional de Jericoacoara (CE). No Piauí, o governo está sinalizando trilhas já existentes para criar um caminho único de aproximadamente 100 quilômetros, onde o turista possa explorar as belezas naturais do litoral piauiense, passando por Cajueiro da Praia, Luís Correia, Parnaíba e Ilha Grande.

“Não criamos nada, não abrimos estradas. Apenas mapeamos locais onde pessoas já praticam esportes e vamos sinalizar as rotas. Praticamente todo o itinerário sem pavimentação, com alguns trechos de transição asfaltados”, explicou o assessor da Secretaria de Estado do Turismo Bruno Correia Lima.

 Empresas especializadas em fabricação de veículos “off-road” para turismo de aventura são parceiras no projeto. “Da mesma forma que está sendo feito no Canadá e no México, essas empresas estão nos auxiliando a desenvolver esse plano, indicando tudo que é necessario para atender esses turistas do mundo todo, ávidos por aventura, que encontrarão tudo que precisam no nosso litoral” explicou Guilhermano Pires, secretário de Estado dos Transportes.

“Vamos começar pela parte litorânea, mas o projeto é modular e vamos entrar no estado. O Piauí tem um diferencial por possuir belezas naturais fantásticas. Associado a isso, temos a intervenção positiva do governo aplicando o conceito de respeito às comunidades locais, ao meio ambiente e o desenvolvimento econômico”, disse Fernando Alves, gerente de Operações no Brasil da BRP, fabricante de veículos de aventura.

Na reunião, ficou determinado que os gestores das áreas de segurança, saúde, planejamento e turismo, realizem um mapeamento dos pontos de apoio durante o trajeto onde o turista encontre informações e direcionamento para suporte de ambulância, viaturas policiais, hospedagem, combustível, alimentação e outros serviços.

“Já temos o Samu naqueles municípios, à exceção de Ilha Grande. Vamos ao Ministério da Saúde para viabilizar o Serviço Móvel de Urgência para o município descoberto e requerer também uma ambulância adequada para aquele tipo de terreno. Já temos profissionais habilitados para o resgate e um hospital de referência, o Dirceu Arcoverde, em Parnaíba, capaz de oferecer o suporte para atendimentos mais complexos”, destacou o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.

Participaram também da reunião, o secretário de Estado da Administração e Previdência, Franzé Silva; representantes das secretarias de Governo, Planejamento e Turismo; os deputados estaduais Dr. Hélio Oliveira, João de Deus e José Hamilton.